As exigências de camarim do Black Sabbath

Fala, rocker! Tudo certo?

Essa semana estão rolando os shows do Black Sabbath no Brasil pela “The End Tour”.

É sempre curioso saber o que se passe por de trás das cortinas, adentrando a mística dos camarins que consumam a preparação de nossos ídolos para subir aos palcos.

Os integrantes do Black Sabbath e do Van Halen extremamente concentrados em seus camarins antes de subirem aos palcos em 1978, durante a última turnê do Sabbath com Ozzy até então

E, para desfrutar da estadia em nossas terras brasileiras, Ozzy Osbourne, Tony Iommi e Gezzer Butler fizeram uma série de exigências à produção, mas nada que se compare às 300 toalhas brancas ou à infinidade de bebidas alcoólicas dos velhos tempos.

• A Santo Rock listou as exigências [absurdas] de camarins do Guns N’ Roses, Metallica, Iron Maiden, Aerosmith e Whitesnake em setembro deste ano. Leia Aqui! (As do Guns e do Metallica parecem mentira)

Vamos às exigências sabáticas, então. Se liga aí, rocker:

Não, não vai ter morcego.

Aos 67 (quase 68) anos de idade, o Príncipe das Trevas parece ter abandonado há tempos a vida de doidão e pediu apenas produtos sem glúten e sem açúcar.

No cardápio, estão permitidos apenas adoçantes como mel e estévia – “uma espécie de planta nativa do Brasil e do Paraguai que tem uma extraordinária capacidade adoçante” (Obrigado, Google!).

Estévia, a planta com alto poder adoçante que jamais saberíamos da existência se não fosse pelas exigências de camarim de Ozzy Osbourne

Ozzy também pediu uma cesta de frutas: framboesa, amora, morango e cereja não podem faltar.

Não acaba aqui, não, rocker! Na lista ainda tem salaminho, peito de peru e queijo brie. Quanta finesse a do príncipe trevoso, fala aí! rs

Go vegan!

Não é só o Morrisey do Smiths que não curte carne no rolê. O baixista Geezer Butler sempre foi vegetariano e pediu leite de soja, tomates, mamão, manga e chocolate meio amargo vegano em seu dressing room. Ou seja, jamais ofereça um cachorro quente ou um churrasquinho grego pra ele.

Um brinde ritualístico

tony-iommi

Agora anotem aí esse shake místico em primeira mão, porque vai ser manchete daquelas revistas fitness no próximo mês! (Mentira)

Enquanto alguns nomes do Rock N Roll carregam a fama de bons beberrões e têm até seus drinks icônicos, como o Hi-Fi de Keith Richards ou o Jack & Coke de Lemmy Kilmister (que inclusive foi oficialmente batizado de “The Lemmy”), o guitarrista Tony Iommi, minutos antes de subir ao palco, costuma tomar uma batida de cenoura com aipo, beterraba, gengibre, maçã verde, limão, espinafre e couve.

Brincadeiras à parte, vale lembrar que [o mestre] Iommi está se tratando de um câncer em remissão (amém!) e faz exames de sangue regulares a cada seis semanas, além dos checkups periódicos que realiza para monitorar a doença.


Além do show de hoje, o Black Sabbath também toca quarta agora, dia 30, em Curitiba, sexta (2) no Rio e domingo (4) em São Paulo, encerrando a passagem pelo país com a turnê que põe fim aos tempos de palco para o Black Sabbath.

SERÁ?! Fique ligado, pois temos boas novas para os fãs de Sabbath!

• Ouça no repeat o que vai rolar ao vivo. Confira o setlist para o show do Black Sabbath clicando aqui.

Aproveite o embalo e conheça nossas estampas exclusivas e recentemente lançadas em homenagem ao Black Sabbath: as duas versões da Flying Devil!

Mas corre! Porque a nossa Black Friday deu conta de quase todo o nosso estoque. Então, se quiser garantir a sua, a hora é agora.


Um abraço, rocker!

About Caio Latorre view all posts

Um verdadeiro colecionador de curiosidades. I can't get no satisfaction! Lennon disse: "a genialidade é um tipo de loucura". Sejamos insanos em nome do amor ao Rock n Roll. Prazer, Latorre! "O café tá pronto?"

0 Comments Join the Conversation →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *