Guns N’ Roses: 25 anos do show histórico em Paris

Fala, rocker! Tudo certo?

Há 25 anos, o Guns N’ Roses realizava um show histórico em Paris que merece ser lembrado.


Confira nossa linha exclusiva de produtos em homenagem ao Guns N’ Roses


Em 1992, o Guns N’ Roses excursionava o mundo com a “Use Your Illusion Tour”.

Por onde quer que passavam, os ingressos esgotavam rapidamente, lotando estádios e realizando shows para milhares de pessoas.

Um dos maiores shows dessa turnê aconteceu no dia 06 de junho, na cidade de Paris, França.

O palco da banda no Hippodrome de Vincennes (hipódromo com capacidade para receber 60 mil pessoas) foi montado com uma mega produção.

Vale lembrar: O evento foi transmitido para diversos países, incluindo o Brasil – através da Rede Bandeirantes.

Mas por que este show foi tão especial a ponto de celebrarmos seus 25 anos? Não seriam praticamente 99.9% dos shows do Guns N’ Roses dessa época verdadeiras obras-primas? Se liga!

Participações especiais

O espetáculo contou com as participações de Lenny Kravitz, que subiu ao palco com a banda para tocar “Always On the Run” – música de Kravitz em co-autoria com Slash.

Confira o trecho em que Axl Rose deixa o palco para o GNR tocar “Always On The Run” com Lenny Kravitz:

The Toxic Twins (Steven Tyler e Joe Perry, do Aerosmith)

E ainda, nada menos do que Steven Tyler e Joe Perry do Aerosmith, uma das maiores influências do Guns N’ Roses.

Mama Kin + Train Kept A Rollin’

Com Tyler e Perry + Axl & Cia, executaram as canções “Train Kept A-Rollin'” e “Mama Kin”, esta última do próprio Aerosmith e que o Guns N’ Roses fez cover e colocou no álbum “Lies” de 1988.

Passagem de som com Jeff Beck e por que Locomotive ficou de fora

Reza a lenda que a canção “Locomotive” do álbum “Use Your Illusion II” estava no setlist do show, mas que não foi executada por problemas técnicos.

Confira abaixo o vídeo que mostra a banda (sem Axl) tocando a canção durante a passagem de som com a participação de ninguém menos do que o virtuoso guitarrista Jeff Beck:


Na íntegra!

Para quem nunca assistiu, vale a pena conferir cada segundo deste show insano.

• Criamos uma playlist no Spotify com as músicas apresentadas neste show lendário:


Setlist

1. It’s So Easy

2. Mr. Brownstone

3. Live and Let Die
(Paul McCartney & Wings)

4. Attitude
(Misfits)

5. Bad Obsession

6. Always on the Run
(com a participação de Lenny Kravitz)

7. Double Talkin’ Jive

8. Civil War

9. Patience
(com trecho da introdução de Wild Horses, dos Rolling Stones)

10. You Could Be Mine

11. November Rain
(com trecho da introdução de “It’s Alright”)

12. Solo de bateria de Matt Sorum

13. Solo de guitarra de Slash

14. Speak Softly Love (versão da música tema do filme The Godfather – O Poderoso Chefão)

15. Sweet Child O’ Mine
(com a introdução de “Sail Away Sweet Sister” do Queen)

16. Welcome to the Jungle

17. Knockin’ on Heaven’s Door
(versão da canção original de Bob Dylan com a introdução de “Only Women Bleed”, de Alice Cooper)

Bônus:
18. Mama Kin
(com Steven Tyler e Joe Perry do Aerosmith)

19. Train Kept A-Rollin’
(versão de Tiny Bradshaw com Steven Tyler e Joe Perry do Aerosmith)

20. Don’t Cry

21. Paradise City
(com a introdução de “Mother” do Pink Floyd)


Um abraço!

About Caio Latorre view all posts

Um verdadeiro colecionador de curiosidades. I can't get no satisfaction! Lennon disse: "a genialidade é um tipo de loucura". Sejamos insanos em nome do amor ao Rock n Roll. Prazer, Latorre! "O café tá pronto?"

0 Comments Join the Conversation →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *