Quem diz que o Rock N Roll está morrendo não sabe de nada

E aí, rocker! Tudo certo?

Em 1979, Neil Young escreveu dois de seus maiores sucessos: “Hey Hey, My My (Into the Black)” e “My My, Hey Hey (Out Of The Blue)”. Logo na primeira estrofe, Young diz “Rock and roll can never die” (em tradução livre, “o Rock N Roll nunca morrerá”).

Mas algumas pessoas insistem em dizer que o Rock N Roll está morrendo. Que “não existe mais espaço para velhos ídolos”, que “a culpa é das novas formas de se consumir música através das plataformas de streaming e das novas gerações x-y-z-beta-gama-blablablá-whiskassachê”.

Eu, assistindo aos comentários sobre o Rock estar morrendo

Se você acompanha a Santo Rock e está lendo essa matéria agora, fique sabendo: na pior das hipóteses, se tudo isso for minimamente verdade, você faz parte de uma nação abençoada que ajuda a manter a chama fúlgida do Rock N Roll acesa!


NOVA LINHA EXCLUSIVA ROLLING STONES

Nossa lendária SYMPATHY FOR BRAZIL e a STONES 55TH (nossa homenagem única em comemoração aos 55 anos de Rolling Stones em 2017) estão de cara nova e com 3 opções de cor pra você aproveitar! Se liga:

Estamos ampliando nosso catálogo em mais de dez vezes!

Para conferir todos os lançamentos de julho, clique aqui.


Agora, para quem precisa de provas de que o Rock N Roll está mais vivo do que nunca, aqui vão algumas:

55 anos “mitando”

Os Rolling Stones são a prova viva de que Lemmy Kilmister estava certo ao dizer “Se você acha que está velho demais para o Rock and Roll, então está”.

Qual outra banda ou grupo musical foi capaz de completar 55 anos de estrada e seguir em ativa com membros da formação original?

Um show à parte antes do show

Antes do último show do Green Day (no Hyde Park, em Londres), uma multidão de 65 mil fãs cantou “Bohemian Rhapsody” do Queen de livre e espontânea vontade.

Se isso não prova o espaço de velhos ídolos nos corações dos maiores fãs de Rock N Roll da atualidade, então não falamos a mesma língua.

A salvação bate à parte

Mike Kerr, baixista e vocalista do Royal Blood, disse em entrevista que “o rock precisa de salvação de tanta banda merda que fode a nossa reputação”.

Não seria o próprio Royal Blood um ótimo exemplo de bandas novas a caminho da tal salvação?

O corpo envelhece. A alma, não.

O Foo Fighters está cada vez mais próximo de lançar seu novo álbum, Concrete and Gold. A banda vem tocando singles inéditos em seus shows e já lançou o clipe de “Run”.

Se o Rock N Roll estiver velho, que seja como nesse clipe:

Vale recordar

O poder do Rock N Roll é tamanho que mais de 1 mil pessoas se reuniram para tocar “Learn To Fly” para pedir ao Foo Fighters que realizasse um show em Cesena, na Itália.

Herói

Em outubro do ano passado, esse cara enfrentou o furacão Matthew ao som de Slayer – uma coragem que só quem bate muita cabeça em nome do Rock N Roll possui.

O vídeo já atingiu mais de 3 milhões de visualizações e pode ser visto abaixo:

Então me diz, rocker: de onde essas pessoas tiram coragem pra dizer que o Rock N Roll está morrendo?!


Tudo isso e muito mais está no nosso Instagram, no Giro de Notícias Santo Rock. Já conhece? Não? Então sigam-me os bons!


Um abraço!

About Caio Latorre view all posts

Um verdadeiro colecionador de curiosidades. I can't get no satisfaction! Lennon disse: "a genialidade é um tipo de loucura". Sejamos insanos em nome do amor ao Rock n Roll. Prazer, Latorre! "O café tá pronto?"

2 Comments Join the Conversation →

  1. Wesley William

    Existe muita banda boa por aí, cabe a nós deixarmos de lado um certo preconceito que existe de não aceitar nada novo, os medalhões serão sempre eternos, mas é preciso apoiar quem está surgindo, obviamente aqueles que possuem qualidade, caso contrário não é o Rock que morrerá, nós é que o mataremos.

    Existem bandas novas interessantes por aí, obviamente que dentro do gosto de cada um, pra mim ótimas bandas recentes são: Airbourne, HEAT, Reckless Love, Jettblack, Santa Cruz e algumas outras, nacionais tem Sioux 66, galera muito foda de São Paulo, Motorocker, que não é exatamente nova, mas que muita gente desconhece ainda, Mattilha, além de algumas outras e isso dentro do estilo que mais aprecio que é o Hard Rock, certamente existem outras tantas bandas novas interessantes dentro dos demais estilos que envolvem o Rock n’ Roll.

    É preciso dar espaço pra essa galera, é preciso cobrar espaço pra eles em festivais, rádios, etc.

    A sobrevivência do Rock n’ Roll está em nossas mãos.

    Reply
  2. Daiane

    Concordo com o Wesley, se não dermos abertura para novas bandas o rock não sobreviverá, pois infelizmente nossos grandes ídolos não viverão para sempre! Meu gosto já é mais para rock pesado, heavy metal, etc., e tem uma banda de Porto Alegre que eu adoro, é Hibria! Vale a pena conhecer! 😉

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *